Remake – Carrie, a estranha

Dia 18 de outubro estreia nos EUA o remake do filme Carrie, a estranha e como ação promocional para o filme foi feito um video que reproduz uma pegadinha reproduzida no que seria um café que foi preparado para encenar o surto de uma garota com poderes sobrenaturais e que teve grande repercussão nas redes sociais.

Vale a pena assistir o video que segue:

 

Para quem quiser conferir segue também o trailer oficial do filme:

 

 

Anúncios

TESTE DOS SANDUICHES DE PROPAGANDA

O mundo do marketing publicou uma matéria interessante comparando alguns sanduíches apresentados em propagandas de marcas famosas com os mesmos sanduíches destas marcas vendidos ao público em geral. Interessante verificar a grande diferença entre os sanduíches praparados para as propagandas e os vendidos aos consumidores. O próprio McDonald`s reconhece que altera os sanduíches para parecem mais atrativos nas propagandas.

 

 

 

 

 

A questão que fica é a seguinte:

Até que ponto essa alteração para melhorar a aparência dos sanduíches na tv, que acabam até distorcendo a realidade, é válida?

 

 

 

 

 

 

Segue o link da matéria no mundo do marketing

50 ANOS DE HAVAIANAS

Uma marca que neste ano completa 50 anos e saiu do esquecimento nos anos 90 para ganhar o mundo. Ela é referencia tanto para as pessoas mais humildes quanto para os mais abastados, podendo ser encontrada em supermercados ou ao lado de grandes marcas do mundo da moda. Esta é a Havaianas, que teve seu início em junho de 1962, inspirada em sandálias de palha de arroz utilizada agricultores japoneses. Se a inspiração de seu formato foi humilde o de seu nome não foi – Havaí – lugar paradisíaco que representava o uso em locais de clima quente freqüentado por pessoas ricas e famosas.

A marca que se popularizou rapidamente e pela maior parte do tempo foi vendida para classes mais desfavorecidas até o ano de 1994 quando iniciou-se uma mudança de posicionamento com o lançamento da Havaianas Top, contando com cores e formato diferenciados. Alterando o valor do produto para um patamar mais alto, grande investimento na comunicação e focando certos nichos do mercado a nova fase da marca começava a deslanchar. Foram surgindo modelos de sandálias personalizadas e criações realizadas com parcerias de grandes marcas. Até que se tornou popular nas mais diferentes camadas da sociedade, mantendo sempre um novo ciclo de inovações em seus modelos de sandálias.

Nos últimos anos a Havaianas estendeu seu portfólio, investindo em produtos diferenciados como toalhas, bolsas e calçados fechados, sempre mantendo o perfil da marca. Os calçados fechados, lançados em 2010, inicialmente eram voltados ao mercado europeu, o qual sentia falta do uso de calçados da marca em tempos de frio. Atualmente lançando 2 coleções por ano a Havaianas mantém seu posicionamento como uma marca sempre atual no mundo da moda. Outro ponto importante para a marca está em seu mercado internacional, no qual é necessário que se entenda o perfil de cada público e sua cultura. Em países que a marca ainda é nova ela se utiliza de distribuidores locais que já conhecem a região e o mercado. Em países aos quais ela já está consolidada mantém uma distribuição própria. Mantendo o seu portfólio em crescimento hoje a marca disponibiliza, além dos já citados, produtos como chaveiros e pingentes para celular e em breve deverá lançar capas para iPads e iPhones. A idéia é manter essa diversificação constante e expandir o seu mercado de atuação. A empresa também prepara ações para comemorar os seus 50 anos de criação, como o lançamento de uma sandália que remete ao modelo original da primeira Havainas criada, que terá sua renda integralmente revertida para a Unicef.

 

A matéria original é do mundo do marketing 

 

A INFLUÊNCIA DA CLOUD COMPUTING

Conforme matéria publicada aqui no blog mkt em abril a cloud computing, ou computação em nuvem, já não é mais uma tendência, mas uma realidade. Onde a preocupação com o sistema operacional, sua capacidade e atualização de softwares fica em segundo plano, pois o acesso as funcionalidades e arquivos é feito remotamente. Este meio de acesso e processamento de informações esta mudando aos poucos a forma como interagimos com o meio eletrônico. Seja com os smartphones, tablets e todo aparato tecnológico móvel ou em meios não convencionais que vem surgindo, partimos para um acesso remoto e globalizado de informações. Podendo acessar nossos perfis e arquivos em diferentes dispositivos e interagir com eles com diferentes pessoas, redes e serviços.

A exigência com a capacidade dos computadores vai diminuindo e com isso os preços. Ganha espaço também sistemas operacionais como Linux que pode ser utilizado com menos recursos, assim como sistemas operacionais alternativos que vão sendo adaptados a dispositivos que não exigem ou mesmo não foram projetados para trabalhar com grande capacidade de processamento como é o caso do Android ou iOS da Apple.

Toda essa mudança é acompanhada da tendência mundial da popularização do acesso à internet. Com preços e tecnologia de acesso e velocidade cada vez mais acessíveis e locais de acesso público gratuito.

A rede de varejo Amazon.com foi uma das primeiras a aproveitar as oportunidades que a cloud computing oferece. Partindo da sua necessidade de investimento em hardware para dar conta da demanda crescente que se apresenta em certos momentos, em especial o natal. Em 2002 a rede de varejo acabou aproveitando o tempo ocioso do sistema para começar a alugá-lo, anos depois tendo lançado os serviços baseados em computação em nuvem e armazenagem remota de arquivos Simples Storage Solution (S3) e o Elastic Compute Cloud (EC2)

No Brasil a computação em nuvem tem uma distância muito grande a percorrer até se tornar popular. No entanto, apesar de começar lentamente o uso desta tecnologia, o país atualmente está tendo um crescimento rápido. Um dos grandes entraves a ser enfrentado pelo país para o pleno desenvolvimento desta tecnologia é o acesso a internet de banda larga, que ainda é muito limitado. Sem banda larga e conexões de internet de qualidade a computação em nuvem não pode existir. Assim, é preciso que os investimentos comecem pela infra-estrutura de acesso a internet no país.

NETFLIX SE ADAPTANDO AO MERCADO BRASILEIRO

O serviço Netflix, onde você paga uma mensalidade e pode acessar os filmes, programas diversos e seriados através de streaming pela internet, trabalha para se adaptar e ganhar terreno no mercado brasileiro se adaptando ao público e cultura local. Além de dobrar o número de filmes e seriados do catálogo eles ampliaram as formas de pagamento.

A nova aposta da empresa é deixar o Brasil como um dos primeiros locais a ter perfil individual de usuário numa mesma conta. Isso possibilita que, por exemplo, diferentes pessoas de uma mesma família tenham seus próprios perfis com suas preferencias. Assim, ao acessar o serviço através do seu perfil ele lhe mostrará opções de programação voltadas a sua preferencia.

Outra novidade que será implantada no país é a sessão de “novos lançamentos” que informará ao usuário o que há de novo na programação do Netflix de acordo com o que foi inserido nos últimos dias.

 

Leia mais no site G1

REDE SOCIAL DA NINTENDO

A Nintendo acaba de divulgar que irá criar uma espécie de rede social para o seu novo console, o Wii U o qual ainda não tem data definida de lançamento. Esta rede social receberá o novo de Miiverse a qual possibilitará a troca de mensagens, estatísticas, imagens e vídeos dos jogos dos participantes da rede. Os jogadores poderão ainda desafiar amigos para jogar e verificar conteúdos de jogos. Para utilizar toda a interação existente no Miiverse o jogador poderá se utilizar do controle com tela sensível ao toque que facilita a navegação na rede, inclusive enquanto se disputa uma partida, ou ainda poderá acessar a rede através do 3DS, smartphones, entre outros.

Estas informações dadas por Satoru Iwata, presidente da companhia, são algumas das novidades que a Nintendo pretende apresentar na E3, maior feira de videogames do mundo.

 

Leia mais no site G1

CARROS EM EDIÇÕES ESPECIAIS

Ainda no primeiro semestre alguns países da Europa e os Estados Unidos poderão comprar a nova versão do Volkswagen Beetle inspirado na famosa fabricante de guitarras Fender. O Beetle Fender Edition virá com visual diferenciado e itens especiais, como  rodas de 18 polegadas em forma de disco, carroceria em preto metálico e espelhos retrovisores cromados, sistema de som Fender de 400W.  Conta também com bancos esportivos com logo da Fender feitos sob medida e console central com abamento em madeira.

 

Este não é o primeiro automóvel a unir sua linha de produção a uma marca, evento ou personalidade famosa. Esta estratégia reforça a marca junto a um público que aprecia um determinado produto ou acontecimento ao qual está se unindo a um veículo em uma linha limitada de produção, voltada a esses admiradores alavancando as vendas e posicionamento daquele veículo.

 

 

Podemos citar outro exemplo da própria VW quando lançou o Gol e o Fox com o tema Rock in Rio aproveitando o evento de repercussão mundial.

 

 

 

A empresa Aston Martin também associa a imagem de seus carros com um personagem famoso das telas de cinema – o agente secreto 007, o conhecido James Bond. Ao longo dos anos ele lançou diversos veículos em seus filmes de empresas que souberam aproveitar a oportunidade de expor seus lançamentos.


 

 

 

Um exemplo bem recente desta iniciativa é o do Fiat 500 que se uniu a mundialmente famosa marca do mundo da moda Gucci para criar uma edição especial de seu veículo. Personalizado pela diretora de criação da Gucci o veículo pretende unir o carro a moda com estilo.